ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Últimas Cartadas para o Verdão!

Palmeiras busca sair do limbo, mas as coisas estão cada vez pior.

Por Paulo Edson Delazari

 

Kleina reuni os jogadores para as últimas orientações antes da partida contra o Flamengo. (Foto: Agência Estado)

A grande ausência do Palmeiras nesta sexta-feira foi Marcos Assunção, que acabou poupado do coletivo que testou a escalação para o duelo contra o Flamengo, às 17h de domingo em Volta Redonda, em jogo que pode levar o time paulista à segunda divisão de 2013. Com ele, podem ser seis desfalques no Rio de Janeiro em relação ao time que perdeu para o Fluminense na rodada anterior.

Em entrevista coletiva, o técnico Gilson Kleina disse que o jogador será reavaliado no sábado, antes da viagem para o Rio de Janeiro, para saber se joga ou não a decisão diante dos cariocas. 

 

“É inegável que o momento dele não é o mesmo e ele tem de administrar o treinamento. Ele está se monitorando, preservando. Vamos ver com o Departamento Médico qual a real condição”, disse o treinador.

Para a partida, o Palmeiras não terá o zagueiro Henrique, com lesão na costela, o volante João Denoni, com luxação na clavícula direita, o meia Wesley, com problema na coxa esquerda, e o atacante Luan, suspenso com três amarelos. Já Correa e Patrick Vieira, que deixaram a derrota para o Fluminense lesionados, estiveram normalmente no time titular. O segundo, porém, não suportou as dores no tornozelo esquerdo e, assim como Assunção, é dúvida.

Depois de dois dias com treinos fechados, o técnico Gilson Kleina comandou um coletivo na tarde desta sexta-feira com a seguinte formação no time titular: Bruno; Artur, Maurício Ramos, Román e Juninho; Márcio Araújo, Correa e Patrick Vieira; Mazinho, Maikon Leite e Barcos. 

“Vamos aguardar a definição do Assunção e do Vieira. Mas também já não temos muito elenco. Se não tiver ele, vamos levar Bruno Dybal [revelado pelo clube, nunca jogou no time profissional], Tinga [foi reintegrado na chegada de Kleina e ainda não jogou no Brasileiro], o próprio João Vitor [não atua desde a derrota para o Corinthians em 16 de setembro], o Wellington [zagueiro que tem 5 jogos no Brasileiro]. Os garotos estão para compor o banco contra o Flamengo”, explicou o técnico Gilson Kleina.

No campo ao lado, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Betinho participaram de um trabalho técnico para os atletas que ficaram fora do coletivo, mostrando que estão recuperados das lesões que os deixaram longe dos treinos nas últimas semanas.

Se perder do Flamengo, o Palmeiras estará rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro; em caso de empate, tem de torcer para que só um time entre Portuguesa e Bahia some pontos para sobreviver; se vencer, também torce para que ao menos uma equipe entre Lusa e Bahia não ganhe na rodada. Porém ambos os times que lutam contra o verdão jogam em casa, a Portuguesa recebe o Grêmio e o Bahia recebe a Ponte Preta. Se os resultados do primeiro turno se repetirem o Palmeiras estará rebaixado.