ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Um empate com gosto de Vitória

Com um a menos, Santos segura pressão do Grêmio e garante um ponto

Longe da zona de classificação para a Libertadores e perto do Z-4, o Santos foi até Porto Alegre para encarar o Grêmio em partida válida pela 26º rodada do Nacional.

Mesmo com um jogador a mais, Neymar foi expulso aos seis do segundo tempo, o Grêmio não conseguiu aproveitar as chances que teve e só empatou com o Santos em casa.

A partida

Neymar observa Zé Roberto com a bola. O craque foi expulso no segundo tempo (LUCAS UEBELGREMIO/FBPA)

Com Neymar em campo em um Olímpico lotado, o Grêmio foi pra cima do Santos desde o primeiro minuto de jogo.

Antes dos 20 minutos, o Grêmio teve ao menos três chances de abrir o marcador. Aos oito minutos, Kleber tabelou com Zé Roberto e o meia cruzou na área. Marcelo Moreno de cabeça, mandou na trave, dando um susto no goleiro Rafael.

Dois minutos depois, Elano levantou na área e Gilberto Silva cabeceou no chão, Rafael defendeu, mas deu rebote, Gilberto tentou completar, mas Páscoa tirou pra escanteio.

O Santos não tinha dificuldades para passar do meio campo, e quando conseguiu, foi com Neymar. Na primeira jogada de ataque, o camisa 11 Santista passou por três marcadores, mas foi parado com uma “tesoura” por Zé Roberto.

O Santos demonstrou que de fato é dependente de Neymar. Muito acuado no seu campo de defesa, o Peixe só respirava quando a bola chegava no craque, mas bem marcado, não conseguia criar jogadas de perigo.

O Grêmio, com um meio campo mais consistente, não dava espaço para o Santos chegar ao ataque. E de tanto pressionar, o gol chegou.

Aos 33 minutos, Zé Roberto cobrou falta na grande área, Werley subiu mais alto que a defesa Santista e cabeceou no alto, com força, indo para o fundo das redes.

Com o gol o Grêmio diminuiu seu ritmo, mas mesmo assim o Santos não conseguia chegar ao gol de Marcelo Grohe.

Muito disputado no meio campo, Santos e Grêmio não produziram mais jogadas de ataque, o Peixe querendo acertar um contra-ataque e o Tricolor Gaúcho tocando de lado esperando o final do primeiro tempo, que veio.

No segundo tempo, Muricy Ramalho já veio com mudança na equipe para buscar o empate. Tirou Patito Rodriguez que correu bastante e colocou Bernardo.

A partida seguia equilibrada, mas os nervos começaram a esquentar. Neymar seguia apanhando, e resolveu revidar. Em uma arrancada do meio de campo o camisa 11 reclamou de uma falta que sofreu no lance, acabou ele ganhando amarelo. Minutos depois, após uma disputa de bola no meio campo com seu ex-companheiro Pará, Neymar acabou sendo expulso depois de pisar na barriga do lateral.

Kleber disputa a bola. O atacante não conseguiu ajudar o Grêmio a vencer (LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

A expulsão não abalou o Santos que chegou ao gol de empate quatro minutos depois. Aos 12 minutos, depois de cobrança de escanteio, Durval ganhou pelo alto e cabeceou para a pequena área, a bola caiu nos pés de Bruno Rodrigo que ajeitou e mandou uma pancada para o fundo do gol.

Aos 18 minutos, o Grêmio, ou melhor, Kleber perdeu um gol incrível.  Anderson Pico fez boa jogada sobre Ewerton Pascoa e cruzou na área. Marcelo Moreno passa da bola e ela chegou para o camisa 30 que se enrolou todo com a bola e furou o lance.

O Grêmio aos poucos foi dominando novamente a partida, começou a criar boas chances de gols, mas não conseguia colocar pra dentro. Em um deles, Marcelo Moreno deixou Leandro na cara do gol, mas o gremista demorou pra finalizar e acabou perdendo a bola.

O santos chegava pouco no ataque, mas quando ia era perigoso. Na melhor delas, Bernardo bateu falta na entrada da área e a bola não entrou por muito pouco.

Mesmo com um jogador a mais, o Grêmio não conseguia penetrar na zaga santista. Nos últimos 10 minutos, a tática foi substituída pelo chuveirinho e por boas longas o que facilitava a vida da defesa.

Em um desses cruzamentos, a bola caiu nos pés de Arouca, o volante lançou Felipe Anderson disparar do seu campo de defesa, o meia, com a bola dominada, foi derrubado dois à dois passos da área por Leo Gago, que foi expulso no lance.

Na cobrança da falta, aos 48 minutos, o último lance da partida, Bernardo carimbou o travessão de Marcelo Grohe que tirou a bola com golpe de vista.

Com a empate, o Grêmio chegou aos 50 pontos, três a menos que o Atlético-MG e o Santos foi para33, perdendo três colocações, ficando na 15º colocação. Seis a mais que o primeiro time da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Grêmio recebe o Cruzeiro, no sábado, às 18h30. O Peixe, terá pela frente outro time gaúcho, o Internacional, na Vila Belmiro, no sábado, às 16h20.