ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Um empate desastroso para os Citizens

O milionário time Inglês sucumbe a falta de experiência e pode deixar a League mais cedo

Por Vladimir da Costa

O City foi a campo pressionado por ser um dos times mais caros da competição e que podia ficar fora da Champions League ainda na primeira fase. Com apenas um ponto, a vitória era imprescindível para que o fiasco não fosse fosse precoce.

E a partida acabou nada bem para o City, assim como para o árbitro Peter Rasmussen, que não deu um pênalti aos 48 do segundo tempo em Balotelli e que poderia mudar o destino da competição. Final City 2 a 2 com o Ajax que ainda tem boas chances de classificação.

Primeiro Tempo

O jogo começou com muito toque de bola, com as equipes esperando o melhor momento para atacar.

E os visitantes, na primeira oportunidade que teve, não perdoou e abriu o placar em Manchester. Eriksen, cobrou escanteio no meio da área, a defesa do City deu uma vacilada e De Jong, esperto, chutou para abrir o placar.

De Jong fez dois gols na partida contra o City (foto: AFP)

O gol deu uma mexida com os donos da casa que não soube reagir bem ao golpe e acabaram levando o segundo.

Aos 16 minutos, novamente Eriksen, cobrou escanteio na primeira trave e De Jong se antecipou a defesa do City, cabeceando firme estufando as redes de Hart. Incríveis 2 a 0 antes dos 20 minutos de jogo.

O resultado parcial eliminava o Citizens que precisavam reverter o placar, caso quisessem permanecer na competição.

E a reação não demorou a acontecer. Aos 22 minutos, a bola foi levantada na área e a defesa não conseguiu cortar. Na sobra, Yaya Toure, cercado, dominou de peito e sem deixar a bola cair emendou um voleio estufando as redes de Vermeer. Um Golaço!

Depois de um inicio bem movimentado, a partida caiu um pouco de rendimento com o Ajax ditando o ritmo do jogo. O City não ameaçava a meta defendida por Vermeer e abusava dos lançamentos longos, que sempre favoreciam a defesa

Segundo tempo

Precisando demais da virada para ter chances para próxima fase da competição, O Citzen foram com tudo pra cima do Ajax.
Empurrado pela sua torcida, o Manchester City começou a jogar pelas pontas, aproveitando a velocidade de seus atacantes, mas faltava um último passe mais preciso para ter alguma chance de gol.

Os primeiros 15 minutos do segundo tempo, o Ajax não havia passado do meio campo, apesar de seu goleiro não ter feito nenhuma defesa mais perigosa.

O tempo ia passando e o City ficava cada vez mais perdido em campo. O time Holandês por sua vez, esperava por um contra-ataque para liquidar a fatura.

A pressão diminuiu e o Ajax começou a atacar mais. Em duas oportunidades Hart salvou o terceiro gol. Por duas vezes, De Jong, quase ampliou o placar. Na primeira, o camisa 10 pegou um chutaço e quase surpreendeu o goleiro Inglês, na segunda, em boa cobrança de falta, bem colocada no canto esquerdo, a meia altura e de novo o goleiro do City fez bela defesa.

Hart pegou bem, mas pagou pelos erros da sua zaga que tomou dois gols de bola parada (Foto: AFP)

E no momento em que a torcida parecia perder as esperanças, o City empatou a partida. Aos 29 minutos, Balotelli resvalou de cabeça e a bola ficou na medida para Aguero, da entrada da área, finalizar no canto direito, igualando o marcador.

O empate deu ânimo para o City, mas as jogadas não aconteciam. Apesar de muito habilidoso, nenhuma jogada individual era feita. As chances de gol vinham todas de bolas paradas. Em uma delas, Balotelli subiu mais que todo mundo e cabeceou no contrapé de Vermeer que faz grande defesa, salvando a virada.

O jogo seguiu muito disputado, mas sem chances claras de gols de ambos os lados. A única defesa nos últimos 10 minutos foi de Hart, que espalmou um foguete da Eriksen.

E não poderia acabar diferente. No último lance, Hart cruzou a bola na área e Babolelli foi claramente puxado, e o árbitro, Peter Rasmussen nada deu para desespero do Italiano que ficou revoltado, assim como Mancini, que foi até o dinamarquês reclamar do lance.

E o final, nada esperado aconteceu, o Manchester City não conseguiu vencer seu jogo e está praticamente eliminado.  Apenas uma combinação de resultados muito complicada salva o City de ser eliminado.

A chave tem o Dortmund com 8 pontos, o Real Madrid com 7, com 4 vem o Ajax e na lanterninha aparece o City, com apenas dois.

Na próxima rodada o Real vai até Manchester pegar os Citizens e o Borussia recebe o Ajax na Alemanhã.