ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Verdão se despede do Pacaembu com derrota para Galo reserva

Garotada brilha, Galo volta ao G4 e complica o Palmeiras

Por Anderson Marinho
Reservas do Galo comemoram no Pacaembu. Foto: Ale Cabral / LANCEPress

Reservas do Galo comemoram no Pacaembu. Foto: Ale Cabral / LANCEPress

O Palmeiras recebeu o Atlético-MG neste sábado, no estádio do Pacaembu, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, o duelo marcou a despedida do verdão como mandante no estádio, mas os visitantes, com um time reserva, levaram a melhor vencendo por 2 a 0, com gols marcados por Tiago e Dodô,  e estragaram a noite alviverde.

Com o resultado o Atlético-MG chegou aos 57 pontos ganhos e assumiu provisoriamente o terceiro lugar na tabela de classificação. O Galo se prepara agora para a primeira partida da final da Copa do Brasil, na próxima quarta-feira às 22h00, contra o Cruzeiro no estádio Independência.  Pelo Brasileirão a equipe recebe o Figueirense, domingo às 19h30, também no horto.

Já o verdão permanece na 13ª colocação com 39 pontos ganhos, cinco pontos acima da zona de rebaixamento. O Palmeiras volta à campo agora no próximo domingo, às 19h30, para a disputa do clássico contra o São Paulo no estádio do Morumbi.

O jogo

Henrique desperdiçou a melhor chance do verdão. Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Henrique desperdiçou a melhor chance do verdão. Foto: Friedemann Vogel / Getty Images

Era para ser uma noite especial para os cerca de 26.000 torcedores que compareceram ao estádio municipal Paulo Machado de Carvalho, com um Palmeiras em ascensão no campeonato e descansado após uma semana livre para treinos encarando um Atlético-MG reserva, formado por jovens promessas, após uma semana desgastante com a semifinal da Copa do Brasil.

Entretanto, o torcedor palmeirense não teve motivos para comemorar, em campo o alviverde não repetiu as boas atuações que o tirou da zona de rebaixamento, jogando de forma desorganizada, e viu os garotos do alvinegro mineiro decidirem a partida.

Valdivia, mais uma vez, foi único a jogar de forma lúcida pelo verdão e criou as melhores oportunidades para o time paulista. Aos oito minutos o chileno fez grande jogada e acionou Henrique, o artilheiro palmeirense invadiu a área, driblou Victor, mas isolou a finalização com o gol aberto.

Tiago comemora o primeiro gol atleticano. Foto: Ale Cabral / LANCE!Press

Tiago comemora o primeiro gol atleticano. Foto: Ale Cabral / LANCE!Press

Pelo lado mineiro o técnico Levir Culpi escalou o time com quatro volantes, marcando forte no meio de campo e apostando nos contra-ataques. Bem postado o Galo passou a levar perigo à meta de Fernando Prass nos lances de bola parada.

Dodô, em cobrança de falta, bateu direito para o gol e obrigou o arqueiro alviverde a fazer uma grande defesa.  Aos 38 minutos o garoto teve mais uma chance, e dessa vez fez o levantamento para a área, Tiago subiu livre e desviou de cabeça para abrir o placar para os atleticanos.

Etapa complementar

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe, na volta do intervalo, Dorival Junior promoveu duas mudanças no verdão, sacando Mazinho e Alione para as entradas de Mouche e Diogo.

Valdivia se esforçou, mas não conseguiu evitar a derrota do verdão. Foto: Ale Cabral / LANCE!Press

Valdivia se esforçou, mas não conseguiu evitar a derrota do verdão. Foto: Ale Cabral / LANCE!Press

Com as alterações o verdão ganhou mais volume de jogo, chegando a ter 58% de posse de bola, mas apenas Valdivia conseguia criar. Com o camisa dez bem marcado o alviverde encontrou dificuldades para sair da marcação e transformar a superioridade em gols.

O Atlético-MG seguiu apostando na velocidade e dessa forma chegou ao segundo gol, aos 19 minutos, Dodô tabelou com Pedro Botelho pela esquerda e recebeu na frente, driblou Renato e chutou cruzado, no canto esquerdo de Fernando Prass para ampliar a vantagem mineira.

Com a vantagem no placar o Galo passou a administrar o jogo, sem correr riscos, e o verdão não teve forças para superar as forte marcacão adversária. Essa foi a quarta vitória atleticana contra o Palmeiras em quatro jogos nesta temporada.