ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Vitória ou Conquista? Palmeiras goleia e avança de fase.

Chamem como quiser, o importante para o alviverde foi passar adiante na Copa do Brasil.

Por Paulo Edson Delazari
Cristaldo v conquista

Cristaldo abriu os trabalhos de penalti. (Foto: Reprodução)

Depois de golear o Vitória da Conquista, na Bahia, o Verdão não precisa receber o adversário em São Paulo no jogo de volta, assim o Palmeiras está na segunda fase da Copa do Brasil. Graças ao placar de 4 a 1, este foi mais do que suficiente para eliminar essa necessidade. O triunfo foi construído com gols de Cristaldo, Allione, Robinho e Dudu – Tatu fez o gol de honra dos baianos.

A partida não teve apenas gols como destaque. Arouca foi expulso por carrinho violento, João Paulo se estranhou com um rival e Prass fez boas defesas.

O Jogo

Com o triunfo por mais de dois gols de diferença, o time paulista elimina a partida de volta pela competição nacional e ganha uma semana livre no meio do calendário – o jogo de volta estava marcado para o dia 2 de abril, uma quarta-feira.

O mais curioso da partida é que o clube só de fato deslanchou após sofrer um susto e perder Arouca expulso. Na primeira etapa, Cristaldo, em pênalti marcado pelo juiz em Dudu, havia aberto o placar aos 13 minutos do primeiro tempo.

Mesmo com a vantagem, o time paulista não conseguiu manter um bom volume de jogo e quase levou o empate ainda na primeira etapa, quando Fernando Prass fez duas boas intervenções para evitar uma igualdade.

Mas, aos 18 minutos do segundo tempo, o Vitória da Conquista empatou. Após ótima jogada pela direita, Tatu recebeu dentro da área e finalizou forte, sem chance para Prass, para empatar. No entanto, nem deu para sofrer.

Robinho comemora mais um com a camisa do verdão. (Foto: Reprodução)

Robinho comemora mais um com a camisa do verdão. (Foto: Reprodução)

Um minuto depois, Robinho recebeu pela direita, conseguiu passar pelo marcador e passou para Allione apenas empurrar para o fundo da rede: 2 a 1.

A vantagem, porém, ficou ameaçada aos 28 minutos, quando Arouca deu entrada forte em Matheus e recebeu o cartão vermelho direto. Para recompor o meio de campo, Oswaldo tirou Allione e colocou Amaral. O Vitória da Conquista tinha tudo para pressionar e tentar o empate. Mas se perdeu.

Aos 33 minutos, após lance dentro da área, a bola sobrou para Robinho bater bonito e fazer um golaço: 3 a 1. Cinco minutos depois, Leandro Pereira dividiu com os zagueiros do Vitória da Conquista e, na sobra, Dudu aproveitou para fazer 4 a 1 e decretar a goleada e a classificação alviverde.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA DA CONQUISTA 1 X 4 PALMEIRAS

Local: Estádio Lomanto Junior, em Vitória da Conquista (BA)
Data: 4 de março de 2015, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Assistentes: Daniel Vidal Pimentel e Ailton Farias da Silva (ambos do SE)
Cartões amarelos: Robinho e Gabriel (Palmeiras)
Cartão vermelho: Arouca (Palmeiras)
Gols:
VITÓRIA DA CONQUISTA: Tatu, aos 18 minutos do segundo tempo
PALMEIRAS: Cristaldo (pênalti), aos 13 minutos do primeiro tempo; Allione, aos 20, Robinho, aos 34, e Dudu, aos 38 minutos do segundo tempo

VITÓRIA DA CONQUISTA: Viáfara; Diego Aragão, Silvio, Fernando Belém e Mateus Leoni; Maicon, Paulo Almeida, Fausto e Erivelton (Tatu); Carlinhos e Rafamar (Kaká)
Técnico: Evandro Guimarães

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Tobio, Jackson e João Paulo; Gabriel e Arouca; Allione (Amaral), Robinho e Dudu (Renato); Cristaldo (Leandro Pereira)
Técnico: Oswaldo de Oliveira