ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Volante ex-São Paulo, Casemiro vai para o Real Madrid

Depois de seis meses no Real B, Florentino Perez fecha com Caserimo para a equipe principal

Por Vladimir da Costa

Depois de meia temporada no Real Madrid B, o volante Casemiro acertou sua transferência em definitivo para os merengues. Emprestado pelo tricolor paulista desde dezembro, o jogador de 21 anos assinou por quatro temporadas e deve passar a treinar com a equipe principal.

casemiro

Volante casemiro em partida pelo Real Madrid B. Agora, o volante faz parte do elenco merengue (Foto: AP)

O volante revelado no São Paulo foi vendido ao real por € 6 milhões, cerca de R$ 15,8 milhões. Caserimo despontou como grande substituto para a vaga de Hernanes, mas depois de algumas oscilações e problemas extra-campo, o jogador passou a frequentar o banco de reservas, ficando até de fora dele em algumas rodadas, muito devido as reclamações fora de hora. Agora, o jogador vai ter uma oportunidade de ouro para continuar a amadurecer e mostrar o que os torcedores por aqui esperavam dele quando apareceu na Copa São Paulo de 2010, junto com Lucas.

Sob o comando de José Mourinho, jogou os 90 minutos da vitória por 3 a 1 sobre o Bétis, no dia 20 de abril, pelo Campeonato Espanhol.

Pelo Castilla, apelido do Real B, Casemiro disputou 15 partidas com um gol marcado. Sendo seis vitórias, cinco derrotas e quatro empates. A equipe B do Real terminou em oitavo lugar na segunda divisão do Espanhol.

Um dos motivos que devem ter acelerado o Real Madrid e fechar com o jogador foi a lesão de Xabi Alonso. Operado no púbis o titular do meio de campo merengue chegou até a ser cortado da seleção espanhola que disputa a Copa das Confederações, no Brasil, entre os dias 15 e 30 de junho.

Casemiro é o segundo reforço do Real Madrid para a próxima temporada. O primeiro foi Daniel Carvajal, lateral-direito do Bayer Leverkusen. O principal reforço que o reeleito Florentino Perez quer para sua equipe, antes de fechar com novos jogadores é o substituto para José Mourinho. O italiano Carlo Ancelotti é o preferido, mas o Paris Saint-Germain não está disposto a liberá-lo.