ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Willian José brilha e comanda vitória do São Paulo

Substituto de Luis Fabiano marca duas vezes em triunfo são-paulino 

Por Anderson Marinho

Contestado, atacante correspondeu a oportunidade dada por Ney Franco. Foto: AP

São Paulo e Universidad do Chile se enfrentaram no estádio Nacional, em Santiago, no primeiro duelo valido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana 2012 e o tricolor paulista venceu por 2 x 0 abrindo uma excelente vantagem na luta pela classificação.

O jogo

O tricolor foi à campo com força máxima para encarar o atual campeão da competição, exceto pela ausência de Luis Fabiano que está contundido, e justificou a posição de favorito ao título, construindo o resultado ainda no inicio do primeiro tempo, sem deixar os donos da casa impor o tradicional toque de bola das últimas temporadas.

O time chileno começou a partida pressionando, mas logo os comandados de Ney Franco equilibraram as ações, apostando na velocidade da dupla Osvaldo e Lucas e surpreenderam a defesa adversária.

E aos 7 minutos, Wellington fez um belo lançamento para Willian José, o atacante girou e bateu de pé esquerdo, no ângulo do goleiro Jhonny Herrera, para abrir o placar, um golaço. Universidad do Chile 0 x 1 São Paulo

Depois do gol o São Paulo tomou conta do jogo, tocando bem a bola e apostando nos contra-ataques.

Aos 18 minutos, Wellington fez belo lançamento para Lucas, o meia cruzou para a grande área e Willian José apareceu mais uma vez para bater de pé esquerdo e marcar o seu segundo gol na partida. Universidad do Chile 0 x 2 São Paulo

O São Paulo aproveitou o momento favorável no jogo e seguiu pressionando o adversário, aos 25 minutos, o zagueiro Mena tentou recuar para Jhonny Herrera, mas errou o passe e foi obrigado a derrubar Osvaldo para evitar o terceiro gol tricolor. No lance Mena recebeu o cartão vermelho direto, por ser o último homem em jogada clara de gol, desfalcando o time chileno.

Com um jogador a mais o São Paulo passou a tocar a bola, impedindo uma reação da La U, e levou a vantagem de dois gols para o intervalo.

Etapa Complementar

Os dois treinadores promoveram substituições em suas equipes para o segundo tempo. Na La U, Lorenzetti saiu para a entrada de Rodriguez e do lado são-paulino, Cortez, que já tinha o cartão amarelo, deu lugar à Maicon.

 Mesmo com um jogador a menos o time chileno voltou mais organizado, após abrir mão do 4-3-3 e recompor o sistema defensivo, pressionado o São Paulo.

Logo aos 3 minutos, após cruzamento da direita, Ubilla desviou de cabeça obrigando Rogério Ceni a fazer uma grande defesa.

Cinco minutos depois, González apareceu livre no primeiro pau e cabeceou com perigo para mais uma defesa do arqueiro tricolor. Em seguida Ubilla arriscou da entrada da área e o capitão fez mais uma ótima defesa, segurando a pressão do rival.

Aos 12 minutos o técnico Jorge Sampaoli sacou Cereceda para a entrada de Juan Duma e Ney Franco respondeu com a entrada do zagueiro Edson Silva na vaga do meia Jadson.

Aos poucos o tricolor reequilibrou a partida, superando a pressão dos 15 minutos iniciais, e passou a administrar a vantagem construída na etapa inicial.

Willian José comemora gol contra a La U. Foto: EFE

O jogo ficou morno, com muita disputa no meio de campo e poucas chances claras de gol para ambas as equipes.

Os dois treinadores voltaram a mexer aos 35 minutos, no São Paulo Osvaldo saiu para a entrada de Ademilson e no time chileno Martínez foi substituído por Marino.

Bem postando em campo o São Paulo não permitiu a pressão adversária nos minutos finais e ainda teve oportunidade pra marcar o terceiro gol, aos 41 minutos, com Willian José, novamente ele, chutando rasteiro junto à trave de Jhonny Herrera.

Em uma partida muito eficiente, o São Paulo soube impor a sua proposta de jogo e conquistou uma grande vitória diante de um dos melhores times do continente, quebrando uma invencibilidade de 25 jogos da La U, que ainda não havia perdido em casa em 2012, e conseguiu abrir uma boa vantagem para o jogo de volta.

São Paulo e Universidad do Chile voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira, no estádio do Pacaembu, para a disputa do segundo jogo das quartas de final. Com o resultado de hoje o tricolor paulista pode até perder por um gol de diferença para avançar às semifinais da competição.

Antes, o São Paulo enfrenta o Fluminense, domingo às 17h00, no estádio do Morumbi, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012.

Ficha técnica

UNIVERSIDAD DE CHILE 0 X 2 SÃO PAULO

Gols
SÃO PAULO: Willian José, aos 8min do primeiro tempo; Willian José, aos 19min do primeiro tempo

UNIVERSIDAD DE CHILE: Johnny Herrera; Acevedo, Rojas e González; Mena, Aránguiz, Cereceda (Duma) e Martínez; Ubilla, Lorenzetti (Matías Rodríguez) e Gutiérrez
Treinador: Jorge Sampaoli

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez (Maicon); Denílson, Wellington e Jádson (Edson Silva); Osvaldo (Ademilson), Lucas e Willian José
Treinador: Ney Franco

Cartões amarelos
UNIVERSIDAD DE CHILE: Rojas
SÃO PAULO: Rhodolfo, Cortez, Douglas, Wellington e Lucas

Cartões vermelhos
UNIVERSIDAD DE CHILE: Mena

Árbitro
Martín Vásquez (Uruguai)

Local
Estádio Nacional, em Santiago (Chile)