ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Zagueiros marcam e São Paulo vence no Paulistão

São Paulo supera as criticas da semana e bate o Oeste em casa e recupera a liderança

Por Vladimir da Costa

O São Paulo foi a campo numa típica tarde paulista para encarar o Oeste, no Morumbi. E debaixo de uma fria garoa que caiu durante todo o dia na capital paulista, o tricolor fez por merecer o resultado e acabou vencendo a partida sem grandes problemas.

Sem jogo da libertadores do meio de semana, a equipe que entrou em campo foi a titular, salvo algumas mudanças devido a cartões. Ney Franco precisou usar a força do elenco, até para espantar as criticas, de alguns dirigentes e parte da torcida, que segue com uma pulga atrás da orelha, com a situação do time no torneio Sulamericano e com ajuda da nova dupla de zagueiros, o tricolor fez o dever de casa e venceu.

O jogo foi de chances para os dois lados e atuando no 4-3-3, o tricolor explorou as jogadas de linha de fundo, principalmente com seus atacantes que atuaram como pontas. Do outro lado, o Oeste buscava um lançamento longo para surpreender a zaga tricolor, mas a deficiência técnica impedia que o time do interior fosse mais perigoso para a instável defesa são-paulina.

E com tarde inspirada dos zagueiros Rafael Tolói e Edson Silva, o São Paulo venceu mais uma no Paulistão,e reassumiu a liderança da competição, ainda com um jogo a menos que as demais equipes.

O jogo

Edson Silva comemora seu gol a partida contra o Oeste no Morumbi (Foto: Leandro Moraes/UOL)

O São Paulo pressionou o adversário desde o inicio do jogo, com Jadson com liberdade para criar, o tricolor não demorou para abrir o placar, depois de uma confusão da área e uma falha da zaga adversária. A bola chegou na ponta para Ademilson, na grande área, cercado por dois defensores, o atacante cruzou rasteiro na pequena área. Edson Silva, livre de marcação, empurrou para o fundo do gol, marcando seu primeiro gol do ano pelo tricolor.

Depois do gol o Oeste passou a marcar mais em cima e chegou até a criar oportunidade de gols. Na melhor delas, Fernandes pegou bem de fora da área e quase chegou ao empate, mas Rogério bem posicionado, fez a defesa. O jogo seguiu aberto e o São Paulo quando tinha a bola era perigoso e não demorou muito pra chegar ao segundo gol, novamente com um zagueiro.

Aos 30 minutos, Jadson cobrou falta na meia esquerda, na direção do gol, mas antes dela chegar, Rafael Tolói se antecipou a zaga, resvalando de cabeça tirando Jailson do lance para marcar o segundo gol do tricolor, mais um de zagueiro.

O jogo seguiu com as duas equipes buscando o gol, muito mais em chutes de fora da área, do que em jogadas trabalhadas. Em uma desses chutes, quase Jadson surpreendeu Jailson, mas o goleiro do Oeste estava esperto e salvou o terceiro. Como não fez, o São Paulo levou. Aos 45 minutos, Lele cruzou da intermediária, no miolo da área, a zaga só olhou e Ligger desviou de cabeça sem chances para Rogério Ceni.

O segundo tempo foi parecido com o primeiro. Melhor organizado no meio campo o São Paulo chega mais vezes, e quase sempre a bola vinha dos pés de Jadson, que seguia com espaços e acionava os atacantes abertos da equipe. Wallyson e Admilson, já Luis Fabiano seguia apagado na partida, lento, o centroavante tricolor participava pouco da partida até então.

Rafael Toloi é Abraçado por seus companheiros depois de marcar seu gol de cabeça (Foto: Leando Moraes/UOL)

Do outro lado, a equipe visitante buscava surpreender o tricolor com chutes de longa distância, com Lele e Serginho, os homens de frente arriscavam sempre que tinham algum espaço, mas a falta de pontaria não ajudava.

E na base do toque de bola, o São Paulo chegou ao terceiro gol. Douglas achou Luis Fabiano na entrada da área, o atacante dominou com facilidade, deixando os marcadores para trás e finalizou na saída do goleiro, ampliando a vantagem.

Mesmo com o terceiro gol o Oeste não desistiu e depois de uma reposição errada de Rogério Ceni o time do interior diminuiu, Serginho partiu com a bola dominada pela esquerda, se livrou da marcação de Rafael Tolói e cruzou pra atrás, a bola chegou em Wanderson chutar para o gol livre e diminuir o placar.

Com o gol o Oeste se lançou ao ataque, mas não conseguia criar novas oportunidades para boas oportunidades para marcar. O São Paulo por sua vez, cadenciava mais o jogo, deixando o tempo passar, contanto já com os três pontos que vieram.

Com a vitória o São Paulo chegou aos 26 pontos, ocupando a ponta da tabela de forma isolada ao contrário do Oeste, que segue com seus 14 pontos. Na próxima rodada o tricolor enfrenta o São Bernardo, no ABC, na quarta-feira, às 22h. No mesmo dia, só que às 19h30, o Oeste recebe o Bragantino.