ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Corinthians perde na estreia de Zizao

Corinthians não consegue vencer o Cruzeiro fora de casa

Por Vladimir da Costa

Com a cabeça no Japão, o Corinthians foi a Varginha, jogar contra o Cruzeiro em partida válida pela 31º rodada do brasileiro, apenas para “cumprir tabela”. Preocupado com a preparação para o Mundial de clubes, o técnico Tite começou o rodizio dos jogadores titulares.

Desde segunda, o foco deixou de ser a partida, a vitória e sim a suposta estreia do chinês, Zizao, que pela quinta vez foi relacionado para a partida, que desta vez acabou entrando e mesmo jogando pouco mais de 10 minutos, saiu satisfeito, assim como a Fiel, que mesmo com a derrota, aplaudiu o time no final.

Muito apático, o Cruzeiro criou as melhores chances de gols durante toda a partida a acabou vencendo o Timão por 2 a 0.

A partida

Apesar de ter poucas ou nenhuma pretensão no campeonato, o Corinthians comando o inicio do jogo. Com melhor toque de bola, o Timão procurava espaço para surpreender o Cruzeiro.

Mesmo jogando em Minas, o Corinthians parecia jogar em casa. Com a Fiel fazendo barulho o tempo todo, o Timão foi pra cima do Cruzeiro.

Aos 12 minutos, após bom toque de bola na intermediária, a bola chegou para Romarinho que, da entrada da área, livre de marcação chutou fraco para o gol, sem problemas para Fábio que defendeu facilmente.

Anselmo Ramon abre o placar para a raposa em minas contra o Corinthians Fernando Calzzani / ESTADÃO CONTEÚDO

Três minutos depois, também de fora da área, Danilo chegou livre, mas o meia pegou mal na bola, que saiu em linha de fundo.

E depois de sofrer parar chegar ao ataque, o Cruzeiro quando chegou, foi eficiente. Martinuccio fez jogada rápida pelo lado esquerdo, se livrando da marcação e cruzou meia altura para o meio da área. Atrás de Paulo André estava o atacante da Raposa, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes de Cássio.

O gol animou a Raposa, que seguiu no ataque, pressionando o Corinthians em busca do segundo gol, mas a Raposa não chutava a gol e com isso o Timão voltou a equilibrar a partida. Ficou ainda mais equilibrado, depois que Montillo sentiu a coxa e teve que ser substituído por Souza.

Nos 15 minutos finais, o que se viu foi muita correria e pouca criatividade em campo. Do lado do Cruzeiro, seus jogadores trocavam passes curtos e o Corinthians marcava à distância.

Apenas aos 42 minutos, um lance de perigo voltou a levantar os torcedores, ao menos do lado do Corinthians. Danilo, dentro fez linda jogada individual dentro da área, e cruzou na medida, no segundo pau para Edenílson, que na pequena área cabeceou, mas não conseguiu empurrar a bola para o gol.

Etapa Complementar

O segundo Começou continuou igual, com o Cruzeiro com mais posse de bola, buscando o ataque, mas de forma cadenciada, já que o Corinthians quanto tinha a bola também era perigoso.

E a troque de passes do Cruzeiro quase fez com que o time Mineiro ampliasse o placar. Novamente Martinuccio fez ótimo lançamento para dentro da área, dessa vez para Souza, que cara a cara com Cássio, o jogador cruzeirense chutou firme, abola desviou em Paulo André, obrigando Cássio a fazer grande defesa, salvando o Timão de levar o segundo.

O que não demorou para sair. Depois de dar dois passes para gol, um deles entrou, Martinuccio marcou seu primeiro gol com a camisa celeste.

O atacante tabelou com Willian Magrão na entrada da área e, de trás da zaga apareceu sozinho na frente de Cássio. O camisa 11 só teve o trabalho de tocar por cima do goleiro corinthiano, ampliando a vantagem para o Cruzeiro.

Mesmo após o gol, o Corinthians não saia de trás, esperava por um vacilo ofensivo do Cruzeiro para sair em contra-ataque. As melhores chances de gols do Timão eram de bola parada.

A raposa por sua vez, quando chegava era perigosa. Depois do cruzamento cobrado pela direita no campo de ataque do Cruzeiro, Martinuccio mandou de cabeça para o meio da área, sozinho, Léo completou de cabeça, mas Cássio fez ótima defesa à queima-roupa. A quinta assistência do atacante na partida.

E depois de seis meses treinando, Zizao finalmente fez sua estreia no Timão. Aos 34 minutos, Tite tirou Welder e colocou o chinês para delírio dos torcedores corinthianos.

Aos 42, quase o Cruzeiro marca o terceiro, depois que a zaga do Corinthiana deu uma vacilada e a bola ficou de graça para Martinuccio, que tocou para o gol na saída de Cássio, mas a bola saiu fraca e passou do lado da trave.

E ficou nisso, vitória cruzeirense que ainda sonha com o G4. O time chegou à 43 pontos, nome a menos do São Paulo, que joga amanhã. Para o Corinthians, de novo foi a estreia de Zizao, que correu bastante, se esforçou, tentou pedalar sobre a bola, mas atuou numa partida já definida e com isso, não conseguiu participar mais do jogo.

No final de semana, o Cruzeiro viaja até São Paulo para pegar o desesperado Palmeiras, no sábado, às 18h30, assim como o Corinthians, que também joga no mesmo dia e horário, no Pacaembu.